Português
Gamereactor
análises
CrossfireX

CrossfireX

Existem jogos que defraudam expetativas. E depois há CrossfireX.

HQ
HQ

Geralmente conseguimos sentir quando um jogo 'vai dar barraca' a quilómetros de distância, mesmo quando as editoras e as produtoras tentam disfarçar a situação com chavões em comunicados de imprensa e usas sequências cinemáticas nos trailers, mas confessamos que mesmo assim tínhamos alguma expetativa para CrossfireX. Afinal de contas, quem estava a tomar conta do novo modo campanha era a Remedy de Alan Wake e Control, um estúdio que já provou a sua qualidade. Infelizmente as nossas (e as de muitos jogadores) expetativas caíram completamente por terra, porque CrossfireX é um dos piores jogos que jogámos em muito tempo.

Ficámos confusos assim que arrancámos o jogo, já que a disposição dos menus é de tal forma bizarra, que nem é de imediato evidente a opção para começar a jogar. Pior ainda, o jogo costuma colocar vários menus diferentes uns em cima dos outros, com diferentes estilos de navegação, seja com uma seta solta, com os gatilhos, ou com navegação listadas. É terrível, mas se o problema fossem só os menus, estávamos nós muito bem.

CrossfireX é uma espécie de cópia barata de Counter-Strike: Global Offensive, apresentando uma série de modos multiplayer à base de jogabilidade por equipas. Isto já existe há bastante tempo, e a ideia para este novo projeto passou por construir uma campanha de história em cima desse modo multijogador. Infelizmente parece ter sido uma péssima ideia, já que a execução é muito fraca, e a campanha deve ser evitada a todo o custo.

Publicidade:

Pelo menos a premissa em si não é má de todo. Através da campanha irá experienciar a história através de duas perspetivas diferentes: a Black List e a Global Risk, dois exércitos de guerra privados. Isto poderia potencialmente ter criado algumas situações interessantes, apresentando uma série de áreas cinzentas que o jogo poderia ter explorado, mas nada disso é materializado no jogo, não só porque a história é fraca, mas sobretudo porque a jogabilidade é terrível.

CrossfireXCrossfireX

Os controlos são atrozes, em parte devido a uma zona morta no analógico direito que não lê o input do jogador - basicamente tem de apontar imenso para que algo seja registado pelo jogo. Quase parece que estamos a apontar com um d-pad, e não com um analógico sensível. Isto poderia ser catastrófico para o jogador, mas não o é, porque a inteligência artificial é tão fraca, que basicamente parece alinhar-se com a mira do jogador.

Não há aqui qualquer desafio apresentado pela inteligência artificial, e o resto da jogabilidade assemelha-se mais a algo de 2005 do que a um jogo moderno. O único elogio que podemos fazer à jogabilidade é o sistema de câmara lenta, que é mantido ativo conforme o jogador mata inimigos a grande velocidade. É uma ideia interessante, ainda que completamente desperdiçada em CrossfireX.

Publicidade:

Depois existe o facto de CrossfireX não apresentar qualquer tipo de inspiração, com níveis mundanos e situações de jogo sem interesse. Vai precisar de cerca de seis horas para jogar as duas campanhas, mas honestamente, até agradecíamos que durasse menos. Como se tudo isto não fosse péssimo, CrossfireX apresenta-se também num estado técnico lastimável. É óbvio que o jogo não está acabado, apresentando inúmeros bugs, problemas gráficos, e até várias falhas sonoras. Mesmo com um grafismo fraquinho, CrossfireX consegue apresentar quebras notórias de fluidez, inclusive na Xbox Series X, o que diz bem do péssimo trabalho de optimização.

Tínhamos pelo menos alguma esperança pelo modo multijogador, que é um sucesso na Ásia, mas também por aqui saíamos desiludidos. O design dos mapas não é o melhor, existem problemas de equilíbrio, e os tais problemas técnico que referimos em cima, também afetam o modo online. E o facto de só existirem seis mapas também nos surpreendeu imenso pela negativa.

Como já deve ter percebido, não podemos deixar a nossa recomendação a CrossfireX, nem sequer a quem tem o Game Pass, porque mesmo gratuito, CrossfireX não merece o vosso tempo. É um jogo desinspirado, inacabado, e trapalhão, e agora percebemos claramente porque é que o produtor do jogo pedir desculpas aos jogadores. Faça um favor a si mesmo e evite CrossfireX.

CrossfireXCrossfireX
CrossfireXCrossfireX
03 Gamereactor Portugal
3 / 10
+
Design porreiro. Sistema de câmara lenta interessante na campanha.
-
Controlos porreiros. Desempenho terrível. Ambientes sem interesse. IA é péssima. Som terrível.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

CrossfireXScore

CrossfireX

ANÁLISE. Escrito por Jonas Mäki

Existem jogos que defraudam expetativas. E depois há CrossfireX.



A carregar o conteúdo seguinte