Gamereactor PT. Vejam os últimos trailers e entrevistas a partir das maiores convenções de videojogos de todo o mundo. O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor
análises
Grid Legends

Grid Legends

Aposta num modo história mais cinemático e completo não chega para fazer uma sequela.

HQ
HQ

Quanto experimentámos Grid Legends uma última vez antes da análise, com o objetivo de verificar o modo história, não ficámos impressionados com o que vimos. Na altura não podíamos referir em pormenor a condução, porque ainda estava a ser afinada, mas mesmo assim ficámos desiludidos com o quão trapalhona era. Isto deixou-nos muito preocupados com o resultado final, mas foi com surpresa que verificámos que o jogo melhorou imenso desde essa última versão que tínhamos experimentado. Sim, é verdade que a condução não é excecional, e está longe de outros jogos semelhantes, como Forza Horizon 5, mas pelo menos está sólida, ainda que a experiência geral de condução não seja muito divertida. O problema, aqui, é que nem é realista o suficiente para ser uma simulação, nem é arcade o suficiente para ser intenso e divertido.

Algo que nos deixou perplexos foi perceber que a Codemasters conseguiu ter uma atenção deliciosa a detalhes extra, mas depois falhou em alguns dos pontos fulcrais. Por exemplo, Grid Legends apresenta um público nas pistas bem mais vivo que a maioria dos outros jogos de condução, mas depois desilude na forma como os veículos reagem a poças e chuva. Também a neve é desapontante, ao ponto dos carros nem sequer deixarem marcas na neve. A nível puramente estético, os efeitos climatéricos até são bonitos, mas depois a interação com os veículos parece saída de um jogo de 2003.

Mas temos de elogiar o design das pistas de Grid Legends. Existem 22 pistas diferentes no jogo, que através de várias variantes somam um total de 130 possibilidades. Pode conduzir através de grandes cidades como Londres, Chicago, Moscovo, e Paris, todas com um grande nível de detalhe. Além disso as variantes apresentam diferenças suficientes para serem relevantes, e não apenas uma versão mais curta ou maior da pista principal. Por exemplo, no modo história fizemos duas corridas seguidas em Moscovo, mas com percursos e condições completamente diferentes. Aliás, parece-nos que o grande esforço do estúdio foi precisamente para o modo história.

Publicidade:
Grid Legends

Claramente inspirados pelo trabalho fantástico que fizeram em F1 2021, a equipa da Codemasters tentou algo parecido com Grid Legends. A grande diferença aqui é que todas as sequências de história são apresentadas com atores reais, em vez de imagens geradas em computador. As personagens são tão "exageradas" quanto esperávamos, no sentido em que os oponentes são obviamente muito maus e os protagonistas são muito, muito bons. A história é apresentada num formato estilo documentário, com várias entrevistas, e é baseado no grande acidente que dá início a toda a narrativa. Irá assumir o papel do Condutor 22, que é uma das figuras principais desse acidente que inicia a campanha. É um modo interessante, ainda que previsível, mas no geral preferimos o modo história de F1 2021.

Além do modo história, existe um modo carreira mais tradicional, com um grau bastante bom de conteúdo. Existem vários tipos de competições dedicados a diferentes tipos de carros - inclusive carros elétricos. Começamos no nível de amador, que tem oito categorias diferentes. Depois passámos para Semi-Pro, Pro, e por aí adiante, num total de 250 eventos de carreira. Ou seja, existe muito conteúdo, mas não é conteúdo muito bom, pois falta-lhe alguma personalidade, algo mais que distinga o modo carreira do que tantos outros que já vimos semelhantes. Também existem outros problemas. Por exemplo, pode criar a sua própria equipa, o logotipo, e o aspeto do carro, mas depois não os pode aplicar automaticamente a todos os carros - tem de fazer tudo manualmente para cada carro.

Quanto ao multijogador, pode juntar-se a um lobby ou criar a sua própria corrida, até um máximo de 22 jogadores. Quer fazer 99 voltas a Strada Alpina na neve? Pode fazer isso. Também existe uma opção que permite a um amigo juntar-se à sua equipa no modo carreira, a qualquer momento - inclusive durante corridas, tomando controlo de um carro controlado pela inteligência artificial.

Publicidade:

No geral, Grid Legends é um jogo melhor do que chegámos a temer, mas isso não significa que seja um jogo impressionante, longe disso. Existem certos elementos de grande qualidade, como vários detalhes gráficos e a atenção dada ao modo história, mas tudo o resto limita-se a ser razoável que baste. Considerando a qualidade dos jogos de condução que estão no mercado, e os que estão a chegar, Grid Legends precisar de fazer melhor para se destacar. Além disso sabemos muito bem que a Codemasters pode fazer muito melhor que isto.

HQ
Grid LegendsGrid Legends
Grid LegendsGrid LegendsGrid Legends
06 Gamereactor Portugal
6 / 10
+
Ambientes detalhados. Modo história é sólido. Boa variedade de carros.
-
Física de condução medíocre. Efeitos climatéricos datados. Inteligência artificial aborrecida. Modo carreira pouco variado.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

0
Grid LegendsScore

Grid Legends

ANÁLISE. Escrito por Johan Vahlström

Aposta num modo história mais cinemático e completo não chega para fazer uma sequela.

0
Grid Legends

Grid Legends

ANTEVISÃO. Escrito por David Caballero

A Codemasters, agora sob a alçada a EA, pretende resolver pelo menos dois dos três problemas de Grid de 2019.



A carregar o conteúdo seguinte