Português
Gamereactor
notícias
The Last of Us (HBO Max)

Nick Offerman critica respostas homofóbicas a The Last of Us

"Não é uma história gay, é uma história de amor."

HQ

Embora a adaptação de The Last of Us possa ter ficado bastante próxima do material de origem, o único episódio que se desviou bastante foi o episódio 3. A história de amor de Bill e Frank foi um olhar comovente sobre como a vida pode continuar dentro do apocalipse, mas é claro que, como era uma história sobre dois homens, os piores tipos de pessoas atacaram o episódio.

Nick Offerman - que interpretou Bill - recentemente aceitou um Spirit Award de Melhor Performance Coadjuvante em uma Nova Série Roteirizada, onde aproveitou seu momento para criticar aqueles que vinham chamando o episódio 3 de "história gay"

"Quando o ódio homofóbico vem no meu caminho e diz: 'Por que você teve que fazer disso uma história gay?' ", disse Offerman. "Nós dizemos: 'Porque você faz perguntas assim. Não é uma história gay, é uma história de amor, seu idiota."

É bastante estranho que jogadores homofóbicos estejam até se incomodando em assistir The Last of Us, pois certamente veremos Ellie desenvolver seu próprio relacionamento na próxima temporada, o que desencadeará outro monte de ódio desnecessário, provavelmente.

The Last of Us (HBO Max)

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte